8 dicas para perder peso com registro de alimentos

8 dicas para perder peso com registro de alimentos

Se a perda de peso for uma de suas metas de saúde, convém observar mais de perto o que você está comendo usando o recurso de registro de alimentos no aplicativo Fitbit. Os especialistas concordam, o simples ato de gravar refeições e lanches pode não só ajudá-lo a perder mais peso, mas mantê-lo por mais tempo, também. Sim, todo esse registro pode parecer tedioso às vezes, mas funciona! Ao passar alguns dias observando onde essas calorias extras estão chegando, você obterá insights inestimáveis.

Aqui estão algumas dicas para tornar o registro de alimentos um pouco mais fácil e aproveitar ao máximo seus dados.

Dica # 1 Commit to 7 Days. Para obter uma avaliação precisa de seus hábitos alimentares, você precisa de pelo menos alguns dias por semana – incluindo um dia de final de semana -, mas uma semana inteira é ainda melhor. Você vai ter uma noção de quantas calorias você normalmente come e, então, pode se exercitar quantas calorias você deve comer para ajudar você a atingir seu peso ideal. Se você quiser estabelecer novos hábitos, continue registrando. E se você quiser perder 5 libras (ou mais!), Fique com ele por pelo menos um mês.

Dica 2 Aprenda os atalhos. A maneira mais rápida de registrar é simplesmente usar o botão de mais na parte inferior do painel e selecionar “registrar comida” ou “digitalizar código de barras” (usuários do iOS em dispositivos mais novos com força toque podem pressionar o ícone do aplicativo Fitbit e em seguida, clique em log food.) Ao tocar no símbolo de código de barras, você pode usar a câmera do seu smartphone para capturar o código de barras, e voilà! Esse item exato deve aparecer. Tudo que você precisa fazer é selecionar o tamanho da sua porção. (Nota: Isso não significa que você precisa sobreviver com alimentos embalados! Muitos produtos frescos também vêm com códigos de barras!) Você também pode usar os alimentos “mais populares” e “comuns” ao procurar um item de comida. Você vai economizar tempo vasculhando uma longa lista de marcas.

Dica # 3 Entre as suas comidas favoritas uma vez. Os primeiros dias são os mais cansativos, mas fique tranquilo, fica mais fácil quanto mais você faz. Quando você for registrar um alimento, veja as listas de alimentos “frequentes” e “recentes”, onde os alimentos que você come regularmente aparecerão automaticamente no topo para um registro rápido e fácil. Os alimentos “personalizados” exigem um pouco mais de trabalho para contribuir, mas, uma vez adquiridos, eles são ótimos para os alimentos que você come com frequência, mas não podem ser encontrados facilmente no banco de dados.

Dica # 4 Log como você come. É fácil esquecer os detalhes de uma refeição ao confiar na memória. Se você não tiver tempo para registrá-lo imediatamente, tire uma foto. Você também pode usar alarmes silenciosos e definir lembretes pessoais para empurrá-lo para registrar sua comida em horários regulares de refeição, até que a extração se torne um hábito.

Dica # 5 Mas também, planeje com antecedência! Use o registro de alimentos no plano de refeições. Se você sabe o que vai comer no café da manhã durante toda a semana, faça o registro com antecedência. Isso tornará o processo mais rápido e você terá mais chances de manter seu plano de alimentação saudável se já estiver registrado.

Dica # 6 Preste atenção aos tamanhos das porções. Se você é totalmente novo na contagem de calorias, retire seus copos e colheres de medição e invista em uma balança de cozinha. Você só precisa medir algumas vezes antes de obter a essência do quanto você deve comer. Além disso, confira o guia visual do Fitbit para Tamanhos das porções! Quando você tem uma ideia aproximada do que 3 onças de bife parece (um baralho de cartas), ou uma xícara de macarrão (uma bola de tênis), inserindo suas porções será mais rápido, mais fácil e mais preciso.

Dica # 7 Seja honesto. Registre cada pedaço que você come e bebe – sim, até mesmo o leite em seu café, o queijo em seu taco e o bolinho meio comido do seu filho. Quanto mais detalhes você fornecer, mais precisos serão os dados. Não há julgamento, culpa ou vergonha – apenas a satisfação de saber que você está muito mais próximo de atingir sua meta de peso!

Dica # 8 Procure por padrões. Tome nota de outros gatilhos e comportamentos ligados à sua alimentação. Você come alguma coisa toda vez que entra na cozinha? São 3 da tarde sua hora de bruxaria? Um prazo faz com que você alcance donuts? Ao detectar padrões em torno de quando, onde e por que você come determinados alimentos, você pode desenvolver estratégias para evitar que eles se repitam e começar a trabalhar em prol de uma alimentação mais saudável.

Abrace o processo e aborde o registro de alimentos com uma atitude positiva – se você aproveitar a jornada de autodescoberta, será mais provável que se atenha a ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *